R.M. Ed 138 ONLINE R.M. Ed 139 ONLINE Assine Magnum R.M. Ed 136 ONLINE R.M. Ed 137 ONLINE Todas edições-apresentação-demo RM - Facebook

É com prazer que apresentamos a revista MAGNUM!

MAGNUM é uma Revista dedicada ao universo das Armas de Fogo. Aborda Colecionismo, Tiro Esportivo, Munições, Recarga, Balística e Legislação pertinente ao assunto. Além de abordar Arqueiria, Caça, Cutelaria, promover entrevistas com pessoas ligadas a cada um desses setores e cobrir lançamentos de novos produtos - no Brasil e no mundo -, buscando estimular seus Leitores ao trânsito saudável, consciente e responsável através desses temas.

Confira abaixo 5 Edições Completas para Assinantes MAGNUM

Edição 27 - Ano 5 - Fevereiro/Março 1992

blog post image

Editorial

Carta aberta ao Governador de São Paulo

A recente campanha “vamos desarmar São Paulo”, e alguns outros acontecimentos tendenciosa e claramente tentando “empurrar” a população do Estado contra as Armas de Fogo, mereceu um inteiro repúdio dos sérios desse país que apreciam e, na condição de editores de uma publicação especializada no assunto, sentimo-nos na obrigação moral e técnica de tecer comentários mais profundos sobre o tema.

Embora saibemos que o senhor não é homem chegado as armas de fogo, nem tampouco seu secretário de Segurança Pública, cumpre-nos mais uma vez, afirmar que o Estado algum do mundo pode garantir ao cidadão completa segurança e, assim, o direito de ter e portar uma Arma de Fogo devem ser respeitado mesmo porque alguns de nós não querem ficar à mercê de bandidos ou agressores como animais que vão para o abatedouro sem a mínima chance de defender-se.

Para que São Paulo não se torne uma “terra de ninguém”, como o Rio de Janeiro, onde a emissão de porte de armas está interrompida no governo Brizola, mas que tiveram cerca de US$ 2 milhões o consegue rapidamente (e que é francamente ridículo)

E que apelamos ao seu bom senso, atentando para os pontos que destacamos a seguir:

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 64 - Ano 11 - Maio/Junho 1999

blog post image

Editorial

O futuro (negro) dos antiarmas

Tão cegos e surdos estão os antiarmas modernos que apenas entenderão o valor das armas de fogo em mãos honestas quando as residências forem invadidas por marginais, esposas e filhas estupradas até nos próprios domicílios e os filhos, assim como os pais, tornarem-se completos cordeiros de estados falidos. Talvez os atuais antiarmas queiram mesmo isso com seu descabido radicalismo, uma vez que suas atitudes agora também mostram a total falta de respeito que tem até pela própria vida e a de seus familiares...

Nós que já temos nossas armas de fogo saberemos como defender nossa vida e de nossos familiares, e o que essa gente não se dá conta é que estão criando um futuro problema muito grande para si próprios e, o que é pior, para seus familiares.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição Especial - Ed. 08 - Catálogo MAGNUM 1993 - Jan 1993

blog post image

Editorial

Novamente temos imenso prazer e orgulho em apresentar-lhe mais esse trabalho de extensa pesquisa da Editora Magnum, felizmente já considerado por muitos como ''a Bíblia das Armas & Munições'' no Brasil.

Certamente em decorrência de nossa maior cobertura de eventos internacionais da área no decorrer de 1992, recebemos grande número de consultas sobre endereços de fabricantes estrangeiros de Armas & Munições e, assim, decidimos incluir todos os dados que nossos computadores possuem sobre eles, bem como sobre as “gun shops” de Miami, Flórida, e as “armeiras” de Buenos Aires, cidades em que têm recebidos, cada vez mais constantemente, visitas de privilegiados aficcionados brasileiros. Com estas inclusões, todos tem, agora, condições de solicitar catálogos por Correio e, ao mesmo tempo, programar eventuais visitas às lojas de armas em suas viagens turísticas ou comerciais.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Revista Magnum Edição 137

blog post image

Editorial

TODOS A BORDO!

Não é fase para desentendimentos. Por mais que haja todo um contingente que, estagnado no tempo, se valha de hinos arrogantes e provocativos como “...se cuida, imperialista, a América Latina vai ser toda socialista...”, por mais que haja isso e tomemos conhecimento, salivando de vontade de brigar, fato é que não dá.

Não há mais tempo nem lugar para isso.

Estamos no fi m dos anos 2010. Neste 2018, comemoramos 1 século desde o armistício da Primeira Grande Guerra. No dia de hoje, estamos precisamente a 1 ano, 8 meses e 3 dias do início dos anos 20 do século XXI. Não existe mais circunstância para separações internas. Não mesmo. Principalmente num país que conserva algum significado perante o mundo justamente em função da extensão de seu território e do milagre da língua única.

Embora somente meia dúzia dos nossos ainda transite por arrabaldes das teorias falidas e ineficazes do comunismo-socialismo, ou tateiem seus limites, fato é que nós, que entendemos a saudável satisfação que traz o universo das armas de fogo, em política nos concentramos maciçamente ao centro à direita. E ao centro à direita nos reconhecemos, ao centro à direita nos entendemos e ao centro à direita nos respeitamos.

Nosso problema, portanto, não se resolve com debates internos ao nicho. Temos que evocar o que sobra  de tranquilidade em nossas entranhas e estender o discurso, de modo brando, “sem sacar o revólver”, àqueles que reconhecidamente não estejam do nosso lado e se tenham acostumado a nos chamar ora de seres otários, ora de seres violentos.

E é hora de regar e adubar sementes de heróis de verdade, simplesmente valorizando, aplaudindo e “viralizando” atitudes normais de homens normais e honestos, evitando excessos e acessos. Evitando enxergar herói em quem não o seja, evitando igualmente a aniquilação de quem esteja só praticando inocência útil, por ser muito jovem ou por ser muito mal informado.

Não pregamos covardia, absolutamente. Acreditamos no entendimento, nunca na capitulação. E é difícil a dosagem disso tudo. Muito difícil a têmpera desse aço. Se muito duro, o aço quebra e, se muito mole, entorta e também não cumpre função.
No fundo, sem se deixar fazer proselitismo, bom entendimento nasce do conversar com os mais jovens, desinformados por pouca estrada, e do conversar com os mais limitados e inocentes, às vezes mais velhos, desinformados por pouco estudo ou extemporânea ingenuidade.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição Especial - Ed. 39 - Série Lugers - Mar/Abr 2010

blog post image

Editorial

Um morredouro objeto de desejo, quase sempre considerado como possuidor de uma qualidade muito acima da real, a Luger apresenta um visual belíssimo, o qual conduz diretamente o observador à noção de extrema ergonomia: suas linhas puras e o ''balanço'' de seus elementos de composição fazem dela uma verdadeira obra de arte no que concerne à aparência.

Continua...

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line