Assine Magnum RM ED 144 Online RM ED 145 Online RM Ed 147 Bancas RM - Facebook ED 143 ONLINE Todas edições-apresentação-demo

É com prazer que apresentamos a revista MAGNUM!

MAGNUM é uma Revista dedicada ao universo das Armas de Fogo. Aborda Colecionismo, Tiro Esportivo, Munições, Recarga, Balística e Legislação pertinente ao assunto. Além de abordar Arqueiria, Caça, Cutelaria, promover entrevistas com pessoas ligadas a cada um desses setores e cobrir lançamentos de novos produtos - no Brasil e no mundo -, buscando estimular seus Leitores ao trânsito saudável, consciente e responsável através desses temas.

Confira abaixo 5 Edições Completas para Assinantes MAGNUM

Revista Magnum Edição 132

blog post image

Editorial

NEM AO MEL NEM AO FEL

Notícias de todo calibre chegam por aqui, batendo palmas à porta da MAGNUM. Ideias, conceitos, normativas, produtos, serviços e eventos. Em notícias oficiais, ou mesmo em oficiosas, conteúdos positivos animam, reestruturam perspectivas e fazem de sorrisos hipóteses mais próximas e concretizáveis. Muito ainda está por vir, é certo e límpido, e ninguém por aqui comemora jogo visivelmente inacabado, antes do apito final, antes de agitada a bandeira, antes da faixa rompida ao peito, ou antes do espocar dos primeiros rojões; nem saberíamos dizer ou contar se existirá momento assim, tão claro e caldo. Talvez sim; talvez não; talvez algo na metade do caminho entre não e sim, por serem muitos os vincos e dobras desse imenso e confuso pacote chamado Brasil.

Exclusivamente sobre otimismos galgam os que não enxergam a vida como ela está. De outro lado, em mesmo módulo, mas com sinal invertido, vive galgando sobre pessimismos quem desiste previamente, capitula precocemente, larga o fuzil e abandona o sorriso, permitindo que lágrimas amargas entoem o fado eterno a, desgraçadamente, apoiar reclamações rabugentas; reclamações de quem preferiu antecipar a própria e uivada comiseração a seguir silenciosa, honrada e bravamente tentando sustentar fogo. Muito existe de leviandade em um sorriso fácil e invariavelmente pronto; muito há de covardia em dificultar a chegada espontânea de m sorriso iluminado. Nem tanto ao fel nem ao mel.

Se, em uma das mãos, sentimos o severo e doloroso aperto quebra ossos advindo das ásperas políticas desarmamentistas, temos a obrigação de sentir, na mão que restou, o cálido afago das novidades, verificáveis em vários cantos, país afora e país adentro. Afago materializado em novos desenhos de clássica marca nacional que a demonstram atenta ao mercado; o advento da portaria COLOG #28; menor dificuldade em localizar modelos de armas importadas e importadores deles; vaporosos rumores sobre fábrica de armas de fogo estrangeira que se implanta em Goiás; novas liberações ou libertações de alguns calibres de semiautomáticas, anteriormente defesos ao esporte; a maior quantidade de conhecidos nossos, de fora do meio, que hoje abertamente se declara curiosa quanto à prática do tiro e ao desejo de experimentar; um crescente número de vídeos, circulantes às redes sociais, mostrando e revelando provas, campeonatos e trechos deles, dizendo sobre as mais diversas modalidades do tiro esportivo.

Aqui, na revista, nós seguimos simplesmente escrevendo, ajeitando os passos e galgando sobre a realidade, sem perder a chance de esboçar sorriso nos rostos, porém sem dá-lo de maneira irrestrita, geral e gratuita; absolutamente! Assim como enxerga o Coronel Paes de Lira, primeiro presidente da ABPLD, “O objetivo dela [MAGNUM] é contribuir para a formação de uma cultura de armas no Brasil, preservando, destarte, em última análise, o espírito combativo nacional.”

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 79 - Ano 13 - Junho/Julho 2002

blog post image

Editorial

Pontos de Vista e a Lógica Míope

Desde que a civilização começou, nosso planeta está dividido entre aqueles que pensam e os que seguem tais pensamentos. Os grandes pensadores, filósofos ou não, sempre opinaram sobre diversos assuntos, cada um deles com seu ponto de vis ta, ou seja, uma ''lógica pessoal''.

Ora, mesmo quando ocorre a exposição de uma lógica basicamente irrepreensível , sempre haverá aqueles que por teimosia ou por enxergar um pouco à frente (ou mesmo por não o fazê- lo) irão a ela se ante por.

Continua...

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição Especial - Ed. 44 - Manual de recarga e munições - Dez / Jan 2012

blog post image

Editorial

Muitos anos se passaram desde que nossos trabalhos anteriores foram publicados: A Recarga de Munições no Brasil (1990) e Conhecendo Melhor a Recarga (1996), ambas atualmente esgotadas. A procura de novos praticantes da recarga por essas edições especiais da revista Magnum, nos levaram a preparar esta nova edição e assim suprir as necessidades desses novos adeptos.

Salvo o lançamento de alguns novos equipamentos e de tipos de pólvora e projéteis, não ocorreram grandes alterações no que foi apresentado nessas edições especiais. Todavia, inúmeros trabalhos publicados na Revista Magnum após a edição especial de 1996, estão sendo aqui incluídos, tornando essa nova edição mais técnica, completa e atualizada. Pela inexistência de alterações significativas, alguns textos, desenhos, fotos, processos e equipamentos mostrados nas edições anteriores foram aproveitados, mas quando necessário, atualizados e complementados.

Alguns dos Leitores das edições anteriores irão notar a ausência de dois capítulos: Fundição de Projéteis e Transformação de estojos Berdan em Boxer. A explicação é simples: com relação à fundição de projéteis, em face da atual facilidade em adquirir projéteis no mercado, ninguém mais (inclusive o Autor) efetua fundição de projéteis, sempre tediosa e que apresenta riscos de queimaduras e intoxicação de chumbo. Por outro lado, a transformação de estojos Berdan em Boxer praticamente deixou de ser necessária, já que todos os estojos oferecidos atualmente pela CBC são do tipo Boxer.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Revista Magnum Edição 124

blog post image

Editorial

Por um futuro cada vez melhor

É sempre um grande prazer assinar o editorial da Revista MAGNUM, e por ser esta a primeira edição de 2015, aproveito para comentar importantes fatos do ano de 2014.

Entre os assuntos relacionados à legislação de nosso segmento, destaco a coordenação da Aniam na divulgação e mobilização relativas ao Projeto de Lei 3722/12, que cria novas regras para o comércio e circulação de Armas de Fogo e Munições no país, objetivando transformar o “Estatuto do Desarmamento” no coerente “Estatuto do Controle”.

Mesmo sem a aprovação do relatório final pela Comissão Especial destinada a analisar este PL, o assunto foi amplamente debatido em 2014, ganhou adesão de várias entidades, além de repercussão muito positiva. A matéria foi uma das que mais movimentou os meios de interação com o cidadão que a Secretaria de Comunicação da Câmara dos Deputados promove. A enquete sobre o projeto no site Câmara Notícias foi a terceira com maior votação - mais de 200 mil votos. Pelo Disque Câmara, foram 120.310 atendimentos. Por outro canal, o Fale Conosco, houve 5.503 manifestações (98,9% a favor e 1,1% contra).

O assunto já foi retomado este ano, e novamente teremos a oportunidade de explorar o tema no Congresso e na mídia, além de promover alterações importantes e necessárias na legislação que rege o segmento. Estou certo que em 2015, ano em que completaremos os 10 anos da vitória histórica no Referendo Popular de 2005, teremos outras grandes conquistas a comemorar!

Ainda falando em legislação, não poderia deixar de citar o abate do Javali, cuja liberação representou um marco na história da Caça de nosso país, e que está em plena atividade em todo território nacional. Esta foi uma grande conquista da Sociedade Brasileira de Conservação à Fauna - SBCF, com o apoio de vários Caçadores e especialistas da área de conservação do meio ambiente.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 107 - Ano 17 - Setembro/Outubro 2009

blog post image

Editorial

Uma das cois as realmente importante na Literatura é a capacidade de sobrevivência de um dado texto: se ele for bom - e “pegar na veia” - apresentará grandes possibilidades de ser cultuado no futuro como uma peça a ser eternamente lembrada.

Para tanto, o tal texto deverá conter algumas características que o façam entrar para esse grupo de eternidade - seja por ensinamento profundo nele contido ou, ainda, por discorrer sobre cer tos fatos que irão, de uma maneira ou de outra, espelhar o que ocorria durante o período em que foi escrito, então automaticamente se tornando documento histórico.

Isso praticamente aconteceu com um de nossos Editoriais, há muitos anos, o qual continha um terrível vaticínio - aquele relativo a, um dia, termos nossa possibilidade de Defesa Pessoal restrita através do confisco de Armamento. Nele o personagem central era um rapaz que, ao ler o que o pai tinha escrito para ele pouco antes de morrer, soube que havia, bem escondida em um ponto da propriedade onde vivia, uma arma que conseguira sobreviver ao confisco e que fora ao jovem deixada para que ele pudesse ter ao menos um instrumento de defesa, caso fosse necessário.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line